quinta-feira, 8 de setembro de 2011

IGREJA MORTA

        Conta-se que  numa determinada igreja, comenta-se que ela estava morta, pois nenhum Pastor parava ali por muito tempo, os seus membros eram maus, fofoqueiros e mesquinhos, as reuniões  eram curtas e assistência era mínima, porque o restante de seus membros ficavam em casa assistindo seus programas prediletos na televisão, vestiam – se sempre na última moda, suas conversas eram, esportes, novelas, piadas, negócios etc.
         Certo dia chegou nessa igreja um novo pastor, a primeira coisa que ele fez foi dirigir-se ao jornal da cidade e pôr o seguinte anúncio: “ Roga-se aos membros da igreja que assistam, no próximo domingo, aos seus funerais”.   Os membros ao lerem o anúncio, esperaram  com ansiedade em chegar  a  data marcada para irem até a igreja afim de ver o que se tratava.   Ao chegarem, encontraram o novo Pastor em pé, junto a porta, convidando-lhes a entrar e despedirem-se  da  igreja morta.
         Ele havia colocado um caixão em frente ao púlpito contendo no fundo um espelho e a medida que cada pessoa  se aproximava do ataúde, via  refletir  no espelho seu próprio rosto.
         Imediatamente as pessoas compreenderam que não era igreja que estava morta, mas que eram eles mesmos os mortos.
         Muitos irmãos pensam que sua  igreja está morta, porém não se dão conta que eles são os que realmente e estão mortos.
         Se cada pastor imitasse exemplo, seus membros compreenderiam seu verdadeiro estado espiritual. Por certo haveria um ruído no vale de ossos secos e o Espírito do Senhor daria - lhes vida novamente.

Ilustrações Revista – Para de parar, se a ordem é marchar!
Pr  Alexandre Beltrame de Chagas pg 11
Pb Daniel Silveira - IEADJO  Distrito 23 -João Costa


Nenhum comentário:

Postar um comentário