quinta-feira, 29 de setembro de 2011

LINGUA, UM VENENO MORTAL (PARTE I )

Texto 3.1-12
         Prezado irmão e amigo este assunto que vamos abordar é  uma materia insdispensável a você. Todavia, é muito comum principalmente o cristão de hoje, ler um texto bíblico, que foi escrito sob isnpiração divina para todos  nós. Porém muitas vezes achamos  que o texto que estamos lendo não é para nós e sim para os outros. Devemos ficar cientes, que toda a Palavra que sai da boca de Deus , é divinamente inspirada desde o primeiro livro até o ultimo (Gênesis  a Apocalipse). Quando a  mensagem que você lê, se é que lê, é para ser  aplicada em sua vida.  O assunto de hoje nesta postagem direcionado a mim  e você de autoria do  Pastor A. J. de  Bem, que dedicou toda sua vida ministerial a causa de Cristo. Este assunto que vamos repassar  é muito importante pois  se trata de um pequeno membro que faz parte do nosso corpo físico, a língua; tão pequeno, mas conforme Tiago na sua epístola: 3.5-8 Vejam como uma grande floresta pode ser incendiada por uma pequena chama!  O escritor usa  uma metáfora, a língua e comparada como um fogo. A língua esta posta entre os nossos membros v.6; e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. Verso 8, que nenhum homem pode domar a sua língua. É um mal que não se pode refrear; Ela é má, cheia de veneno mortal. E continua v9; com ela bendizemos a Deus e Pai e com ela amaldiçoamos os homens feitos semelhança de Deus.  O irmão você tem pecado com sua  língua?  Talvez pode  responder que não. Até nem admiti, é isso? o objetivo desta postagem não de julgar esse ou aquele. E sim o de reconhecer nossas fraquezas, humilhar-se arrepender-se são especialidades para um cristão de verdade, principalmente para os que fazem parte como membros  do corpo de Cristo.  Você  não acha  que não admitir sua  fragilidade pessoal, se torna prejudicial, e os que assim procedem perderam a capacidade de serem  espirituais?   Sua língua já matou alguém?  O irmão alguma vez foi advertido  de sua língua venenosa?  Já foi repreendido em razão disso? Reconheceu o seu pecado?  Ou tentou explicar e justificar seu mau uso da língua?  Alguém lhe exortou, e ficou bravo?  Ou você querido é do tipo de crente que  nunca admite o seu pecado? Prezado leito, procure  informar-se, o que os crentes pensam de você no que diz respeito à sua língua. Dê as pessoas as condições de serem francas com você. Estou convicto, em dizer que é muito comum alguns  crentes desconhecerem  seus próprios erros.  
Na  Biblia há dezenas de versículos que falam sobre o mau uso da língua. Olhando rapidamente achamos 21 referências sobre este  assunto:   A língua também é chamada nas Sagradas Escrituras de difamadora, mentirosa, enganadora, maligna, dobre, falsa, lisonjeira, mortal,  incendiária, indomável, incoerente, destruidora,  estulta, armadilha, precipitada condutora, confinadora, torpe, obscena, frívola  e venenosa. Como já citamos  Tiago 3.1-12 é o texto por excelência, sobre o mau uso da Lingua.
Vamos  abordar  primeiramente sobre a palavra FRIVOLIDADE –Jesus diz em Mt 12 36,37 Eu afirmo a vocês que, no Dia do Juízo, cada pessoa vai prestar contas de toda palavra inútil que falou. Porque as suas palavras vão servir para julgar se você é inocente ou culpado. Uma  palavra frívola poderia  ser traduzida com vários conceitos como: ociosa, fútil, inútil, desnecessária, vã, sem valor. Paulo diz em  Ef 5.4  Não usem palavras indecentes, nem digam coisas tolas ou sujas, pois isso não convém a vocês. Ambos, dizem, que não se trata apenas de  uma palavra usada sem contexto, mas as que exprime um pensamento, uma frase mal colocada. Por exemplo coisas que dizemos muitas vezes em alguma área da nossa vida, quer espiritual, intelectual, material ou social. Gastamos  nossa língua com conversas que não edificam, que não trazem qualquer benefício. Prestemos atenção nas nossas conversas. Contudo para evitar o exagero do Zelo ignorante (Rm 10.2) ou do Falso Puritanismo, é importante que se diga, que o crente é um ser espiritual, mas também um ser social. Porque somos seres sociais é que nos divertimos naturalmente. O problema não está em brincar ou se  divertir, mas a forma, o modo,  como o crente deve proceder. As vezes contamos anedotas, e se essas forem indecentes, maliciosas e imorais, além de ser Frivolidade ou Palavras vãs, são também Torpes ou Linguagem obscena. Ef 4. 29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem. Cl 3.8  Agora, porém, despojai-vos, igualmente, de tudo isto: ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obscena do vosso falar. É claro que isso é pecado. Se o crente vive o tempo todo contando anedotas, mesmo que não sejam maliciosas, ele esta enquadrado  na Frivolidade.  No entanto quando contamos anedotas ocasionalmente, com a finalidade de os divertirmos, porque somos seres sociais e não podemos mudar isso, a nossa naturalidade,  ou quando contamos algo para ilustrar coisas que queremos ensinar, não há nada errado nisso. Além de sermos espirituais, somos também sociais, e daí rimos, brincamos e nos divertimos. Há uma outra consideração importante aqui. Há pessoas que tem temperamento diferente entre si. Algumas delas são por natureza mais brincalhonas, outras  mais fechadas. As do primeiro grupo são tentadas a exagerarem e a pecarem com palavras Frívolas. As pessoas fechadas podem julgar e condenar as brincalhonas, mas não porque elas sejam mais espirituais que as outras e sim, porque elas são fechadas. E até podem querer dar impressão ou interpretam para outros  que a vida cristã  tem que ser sempre fechada,isolada. Note isso,  até é possível confundir o temperamento Fechado com Espiritualidade. Por isso as pessoas fechadas podem pensar que as brincalhonas são Frívolas. Fp 4.8.  Como podemos saber quando estamos e quando não estamos sendo Frívolos? I Co 10.31, serve de regra. Se uma anedota cheia de humor ilustrativo sem malícia alguma, me ajuda  ter mais comunhão social com meus irmãos, então esta anedota glorifica a Deus. Se uma brincadeira sem tom pejorativo faz o mesmo efeito, então também glorifica a Deus.  O crente teve ter  bom senso para saber Como deve brincar, Com quem pode brincar, Quando pode brincar, Até onde pode brincar; Que tipo de brincadeira pode se usada. Repeto o mesmo versículo que  nos ajuda a compreender Fl 4.8.  As palavras são Frivolas quando não edificam em nada. O crente precisa de edificação espiritual, intelectual, social e emocional. É por isso que conversamos coisas que não são espirituais. Prezado irmão, o que é que você conversa? Os assuntos que você trata nas suas conversas edificam em algumas áreas mencionadas acima? O irmão gosta de anedotas? Conta só de vez em quando ou sempre? Fala só palavras que promovem comunhão social sadia, ou aquelas imorais também? Fique atento com a sua língua. Repito Tg 3.9. Seja um cristão prudente, penses antes de falar algo que  venha ferir alguém. Pelo fato deste assunto ser extenso aguarde o próximo assunto sobre o mau uso da lingua;  o Cântico mundano e a Fala precipitada

Fonte  Revista – intitulada “Um veneno chamado Língua” pgs.2-4 - Pr A.J. de Bem
Postagem –Pb Daniel Silveira

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

O LIVRO MAIS VALIOSO DO MUNDO (Curiosidades Bíblicas)


Onde foi escrita  a Bíblia? No deserto, (Moisés,); Em Jerusalém  (Tiago);  No palácio (Davi)  Nas viagens  (Lucas); No campo (Amós);  Na prisão (Paulo);  Em Babilônia ( Ezequiel, Daniel);  Em Patmos  (João).
II Tm 3. 16 Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça,
II Pe 1. 21 porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.
COMO GANHAMOS NOSSA BÍBLIA?(Perguntas)
Que é o Velho Testamento? ( É  a coleção das Sagradas Escrituras que o povo hebreu foi acumulando desde o tempo de Moisés até cerca de um século antes de Jesus Cristo)
Quando foi escrito? (Como temos hoje, foi concluído entre 1.000 a 160 a.C., que quer dizer – antes de Cristo.)
Em quantas línguas foram escritas?  (Três ,Hebraico, aramaico e grego)  F.T. Refidin, pg 101,102 e 104
Que materiais  empregados foi escrito a Bíblia?  (Pedra, Óstraco,Tablete de argila,Tablete de cera,Papiro, Couro e velino, Pergaminho, e instrumentos  para escrita) F.T Refidin pgs 13-20
Quais são a três traduções famosas ?  1)Septuaginta (Abreviatura LXX); 2) Vulgata; 3)Versão autorizada  ou do rei Tiago
Primeira tradução foi para que língua? ( Septuaginta LXX, copiada do original hebraico para o grego, por setenta homens sábios que moravam em Alexandria,no Egito, onde muitos judeus se haviam estabelecido escribas (exatamente 72) no ano 285 a.C. em Alexandria por ordem de Ptolomeu Filadelfus, contendo somente o Antigo Testamento).
Os  principais fatos  atestam a importância da Septuaginta(LXX):
I)Foi a primeira tradução das Escrituras e foi a Bíblia que  Jesus  e seus apóstolos provavelmente usaram;
II) Foi a base para maioria das traduções.
III) Fonte de terminologia teológica do Novo Testamento.
IV) Foi uma Bíblia “popular” em virtude da linguagem, do preço e da ampla difusão;
 V) É importante testemunha do texto hebraico.
 A mais antiga cópia  da Septuaginta está na biblioteca do Vaticano com data de 325 a.D.  A história da LXX é disputada. Se seguirmos Josefo, Filos e muitos pais da igreja Cristã, teremos quase um romance que culminou na execução da obra.  Entretanto muitos modernos eruditos admitem, atualmente, que a história contada por Josefo é simples lenda, forjada pela imaginação original. Reconhece-se que teve seu berço em Alexandria (Egito), nos dias dos primeiros Ptolomeus (cerca de 280 a.C) e que o numero inicial do trabalho foi o Pentateuco. Mas o motivo que determinou a tradução foi a necessidade dos judeus da dispersão, que já não conheçam mais o hebraico. 1 Cf Américo J.Ribeiro,isagoge do VT,II parte – Crítica textual; III Parte – Crítica histórica e Literária, apostila mimeografada Seminário teológico de Campinas, 1970.p.44 Geiseler & Nix,op,cit,p.196;   F.T.Refidin módulo I –Bibliologia p.110.
Que versão mais usada no tempo de Jesus? ( a Septuaginta)
Que traduções sucederam  a essa?  Algumas em aramaico e Latim
Que língua era a aramaica?  Durante os anos do exílio, a Palestina foi  invadida pelos sírios e outros que introduziram a língua aramaica; os israelitas quando regressaram, aceitaram a língua da então população do país.  Assim, o aramaico tornou-se a língua da Palestina, de Jesus e seus apóstolos.
Qual foi a mais célebre tradução para o  latim? A Vulgata, no fim do IV século era tão grande o numero de variações do texto das Bíblias latinas existentes, que  há necessidade de uma revisão tornou-se imperativa. O numero de “edições” era quase igual ao das “cópias” Devido a freqüentes transcrições e à incompetência de certos corretores, numerosas incorreções se haviam introduzido nas antigas versões latinas, inclusive na que estava em uso na igreja cristã. Os inconvenientes que daí  decorreram levaram o Papa Dâmasco a mandar fazer uma revisão e correção. A Vulgata é uma tradução de toda a Bíblia, feita por Euzebius Hieronimis ou Jerônimo. O termo “Vulgata” significa “comum ou usual”. Em 382 a.D. o Papa Dâmasco comissionou Jerônimo para fazer uma tradução da velha tradução latina. Fonte: (A carta de Jerônimo ao Papa Dâmasco encontra-se  em E. NESTLE em seu Novum Testamentum graece et  latine, Ed 22 Stuttgart.  Uma  tradução portuguesa pode ser encontrada em T.Ballarini, Introdução a Bíblia, 1968,p 202).   Em 382 a.D. o Papa Dâmasco comissionou Jerônimo para fazer uma tradução da velha tradução latina.   Esta tradução foi feita em Belém, na Palestina e concluída em 405 a.D.   Jerônimo foi um notável erudito da igreja que estava em Roma, a qual nesse tempo ainda mantinha sua pureza espiritual.   Um professor de Paris, Estevão Langton, que se  tornou arcebispo de Canterburg  em 1228, dividiu a Vulgata  em capítulos modernos.   A tradução foi feita do hebraico para o latim, a língua do império Romano. Ela é versão oficial da igreja Romana desde o Concílio  de Trento, 1546 a.D. F.T.Refidin módulo I –Bibliologia p111
Qual a importância da Vulgata? Serviu de base para as versões saxônicas, inglesas e portuguesas
Qual a interpretação da versão autorizado ou versão do rei Tiago?   Foi na Inglaterra , em 1611 a.D. Em 1604 o rei Tiago convocou um conferência para aceitar as diferenças de opiniões sobre as versões da Bíblia. Foram nomeados 54 eruditos para providenciar uma nova tradução que fosse  aprovadas por todas as igrejas. O novo trabalho foi baseado num estudo dos manuscritos antigos do hebraico e grego, bem com em muitas traduções posteriores. Foi dada atenção a beleza da Língua. A nova Bíblia substituiu as versões que então estavam sendo usadas nas igrejas.  Eruditos judeus bem como católicos, reconheceram e excelência da versão. Esta versão é ate hoje a predileta dos povos de fala inglesa.

Em que língua foi escrito o Novo Testamento?  Em Grego
Qual foi o primeiro livro escrito?  Supõe-se ter sido a Epistola aos Tessalonicenses
A principio como se transmitia o Evangelho? Oralmente
Que método sucedeu a esse? Os apóstolos começaram a escrever pequenos trechos chamados “logia” que formavam os elementos básicos dos 3 primeiros Evangelhos
Qual da mais importante dos antigos manuscritos que temos hoje? O CODEX VATICANUS, que data  IV século d.C. e que tem esse nome por pertencer à Biblioteca do Vaticano.
Quando se deu ao mundo o primeiro Novo Testamento impresso? Em 1526,por Erasmo
Qual foi a primeira versão em português? A de João Ferreira de Almeida, cerca ano  de  1691
Que outras traduções temos em português? A do Padre Antonio P. de Figueiredo,1778-1790, a Brasileira e porções por Saraiva.
Que significam livros apócrifos? São  livros considerados espúrios, isto é, sem a inspiração divina
Com se chamam os livros que aceitamos como verdadeiros? Canônicos

terça-feira, 20 de setembro de 2011

A VITÓRIA DA VIDA

Pobre de ti que pensas ser vencido!
Tua derrota é caso decidido
Queres vencer, mas como em ti não crês,
Tua descrença esmaga-te de vez
Se  imaginas perder, perdido estás
Quem não confia em si, marcha para trás;
A força que te  impede para frente
É a decisão firmada em  tua mente

Muita empresa  esboroa-se em fracasso
Inda antes do primeiro passo;
Muito covarde tem capitulado
Antes de ver a luta começado;
Pensa em grande e os teus feitos crescerão;
Pensa em pequeno e irás depressa ao chão
O querer  é o poder arquipotente
É a decisão firmada em tua mente

Fraco é aquele que fraco se imagina,
Olha o ao alto o que ao alto se destina
A confiança em si mesmo é  a trajetória
Que leva ao os cimos da Vitória
Nem sempre o que mais corre a méta alcança
Nem mais longe o mais o forte o disco lança
Mas o que, certo em si, vai firme em frente,
Com a decisão firmada em sua mente

Autor desconhecido (Maximas e poesias)
Postagem Pb Daniel  A. Silveira




MENSAGEM AO HOMEM DO POVO

                                  ...........e aos  homens que dirigem o povo
NÃO  criarás a prosperidade, se desestimulares a poupança
Não fortalecerás os fracos, por enfraqueceres os fortes
NÃO  ajudarás o assalariado, se arruinares aquele que o paga
NÃO estimularás a fraternidade humana, se alimentares o ódio de classe
NÃO ajudarás os pobres,  se eliminares os ricos
NÃO poderás criar estabilidade permanente baseada em dinheiro emprestado
Não criarás as dificuldades, se gastares mais do que ganhas
NÃO fortalecerás a dignidade e o ânimo, se subtraíres ao homem e iniciativa e a liberdade
NÃO poderás ajudar aos homens de maneira permanente, se fizeres por eles aquuilo que eles podem  e devem fazer por si próprios
          
Abraão Lincoln

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

TUA ALMA É ETERNA, CUIDADO CÉU OU INFERNO


 Você  vai  ficar para Grande Tribulação?  Governado pelo Iníquo  (Anticristo)? 2 Ts 2.8. Patrocinado pelos Iluminatis ?   Leia,  pesquise  e divulgue as farsas  e ameaças que vem contra a humanidade. 
Entre na página do Site  sobre VERDADE OCULTA ILUMINATIS, veja o que esta por detrás dos últimos acontecimentos, os jornais  do  mundo inteiro, as  notícias da mídia, imprensa escrita, falada e televisada  não divulgam. Analise você  com seriedade  ou pelo menos  o amor que você tem pela sua própria  "alma" que é eterna, e que somente há dois caminhos: Céu e Inferno, entre eles não há outra conexão intermediária.  Seu  corpo  um dia  vai para sepultura, mas sua alma, seu espírito continuarão vivos para sempre.   Veja amigo, crente,  pelo menos neste  vídeo,  entre dezenas deles no  Youtube, que estão voltados para o mesmo assunto. Estou te trazendo  neste blog, afim de sensibilizá-lo,  e te avisar, que não vale a pena de ficar para Grande Tribulação. Será um período de grandes sofrimentos.   Estou falando também para cristãos descrentes e duvidosos, crentes gelados e incrédulos que carregam a Bíblia mas nem estão aí,  ou pelos menos acreditar, só escutam, mas não obedecem à Deus, não são  fiéis. Estão  anos na igreja seja ela qual for,  mas estão mortos sem vida. Porém aqui vai um alerta, que consideramos de extrema importância,  faça  um esforço voluntário pessoal de reflexão, em salvar sua alma hoje, não deixe para manhã. leie a Bíblia, examine, peça a Deus compreensão, aprofunde-se,  faça uma analogia entre os acontecimentos proféticos, você que é uma pessoa culta, ou não, independente de qualquer formação de quem formou seu caráter, hoje adulto trocou  ou ocupa sua memória para coisas terrenas, posição social, fama e dinheiro.  Mas quero te dizer,Cuidado!   Não se deixe levar pelas suas opiniões pessoais porque , ninguém pode te garantir nada nesta vida e nem na eternidade, só JESUS.  Se  continuar com seus  pensamentos contrários sem fé, no que a Bíblia diz, você acabará entrando por um caminho sem volta. Veja isto é coisa séria,não é  estória,  nem história  e nem conto de fadas, mas uma verdade absoluta. Pela minha  fé firmado  em Cristo, gostaria imensamente  de tê-lo como  cristão sincero e consciente da promessa que Deus  dá gratuitamente  da “Salvação da sua alma”.  Dedique-se  analise sua situação  perante o Senhor ,e por favor,  repasse este blog aos seus amigos .  Vivemos num  mundo  espiritual,conturbado,caótico e sem volta.  Para nós cristãos salvos  pela graça de Deus, pela sua   esperando a qualquer  momento que será de surpresa, o arrebatamento.  Jesus  relatou em seu Sermão (Mt 24 36- 44). Adentrando  nas paginas  da Bíblia, nos estudos  escatológicos,  somos pertencentes  aquele   grupo  obviamente,  os “Pré -Tribulacionistas”  i,é, esperamos Jesus  buscar a sua igreja antes da Grande Tribulação.  Para aqueles que ficarem preste bem a atenção;  Somos hoje   amparado pela nossa constituição brasileira, que nos dá o direito  de liberdade expressão, de fé e de crença, porém muitos não querem serem livres por inúmeras razões, de tradição religiosa, familiar etc.   Voluntariamente muitos vem a igreja a que pertence quando bem desejam. Porém depois que a igreja, a “Noiva do Cordeiro” subir, terão que dar sua cabeça a prêmio  ao Anticristo, para alcançar a salvação.  O que podes fazer hoje, apenas  com pequeno esforço, para alcança-la. O Iníquo se manifestará logo a seguir. Seu  espírito de preparação para  sua plataforma de governo já esta sendo cuidadosamente elaborado. Hei,amigo, irmão querido, desperta você  dorme no sono espiritual, procure desvendar teus olhos, e enxergue mais longe. Ele.   O Rei dos Reis,  o  Filho de Deus, o teu Senhor,  está as portas. Não demore, decida logo para onde vás!

Comentário
Pb Daniel A.Silveira -IEADJO- Distrito 23. João Costa

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

IGREJA MORTA

        Conta-se que  numa determinada igreja, comenta-se que ela estava morta, pois nenhum Pastor parava ali por muito tempo, os seus membros eram maus, fofoqueiros e mesquinhos, as reuniões  eram curtas e assistência era mínima, porque o restante de seus membros ficavam em casa assistindo seus programas prediletos na televisão, vestiam – se sempre na última moda, suas conversas eram, esportes, novelas, piadas, negócios etc.
         Certo dia chegou nessa igreja um novo pastor, a primeira coisa que ele fez foi dirigir-se ao jornal da cidade e pôr o seguinte anúncio: “ Roga-se aos membros da igreja que assistam, no próximo domingo, aos seus funerais”.   Os membros ao lerem o anúncio, esperaram  com ansiedade em chegar  a  data marcada para irem até a igreja afim de ver o que se tratava.   Ao chegarem, encontraram o novo Pastor em pé, junto a porta, convidando-lhes a entrar e despedirem-se  da  igreja morta.
         Ele havia colocado um caixão em frente ao púlpito contendo no fundo um espelho e a medida que cada pessoa  se aproximava do ataúde, via  refletir  no espelho seu próprio rosto.
         Imediatamente as pessoas compreenderam que não era igreja que estava morta, mas que eram eles mesmos os mortos.
         Muitos irmãos pensam que sua  igreja está morta, porém não se dão conta que eles são os que realmente e estão mortos.
         Se cada pastor imitasse exemplo, seus membros compreenderiam seu verdadeiro estado espiritual. Por certo haveria um ruído no vale de ossos secos e o Espírito do Senhor daria - lhes vida novamente.

Ilustrações Revista – Para de parar, se a ordem é marchar!
Pr  Alexandre Beltrame de Chagas pg 11
Pb Daniel Silveira - IEADJO  Distrito 23 -João Costa


terça-feira, 6 de setembro de 2011

Uma Fé Extraordinária

             Hoje quero compartilhar com você, algumas lições da Bíblia,  sobre a  fé que resulta em milagres, a partir da história de uma mulher que, a despeito da adversidade prolongada e de tudo estar contra ela, não deixou de confiar na bondade Deus e no poder de Jesus para ajudá-la. Sua história, narrada em Mt 15.21-28 e Mc 7.24-30.  Uma mulher gentia, que morava fora dos limites de Jerusalém, identificada no primeiro  texto como a “mulher Cananéia”. No segundo, como  de  nacionalidade grega, sírio- fenícia.  Com base nesse episódio queremos hoje desafiar  sua fé, que  crer em Deus é a única fonte, daquele que nos criou, e não só a cura física do corpo mas também proveu todos recursos para nossa salvação e uma vida de vitórias.  A Bíblia não registra  exatamente a idade daquela jovem e o tempo que sua  conviveu, com  ela, possessa.    O texto  relata que Jesus foi  para uma região  dos arredores de Tiro e Sidom,  entrou numa casa e não queria que ninguém soubesse que Ele estava ali.  Porém nem os seus discípulos que o acompanhavam,  conseguiram guardar em segredo a presença Dele  naquele lugar. Algo extraordinário haveria   de acontecer naquela cidade, para sua Glória. Amado, a fé, é um dom  indispensável para o  acontecer o milagre. Você é possível prevê um milagre? Não! Milagre é algo inexplicável pela ciência humana; imprevisível; é algo que diz respeito a soberania de Deus. O texto  que relata  em Mateus que ela aproximou - se de Jesus com  clamor insistente, de uma mãe desesperada.  Dizia, Filho de Davi tem misericórdia de mim. Minha filha está endemoninhada. Ela soube agir de forma certa, não perdeu a oportunidade, e chamou atenção de Jesus e dos seus discípulos. O que está afligindo você hoje?  De propósito quando lemos essa história, deparamos  num conflito muito forte,  e desejo frisar alguns  obstáculos que essa mulher enfrentou, antes de receber a  sua benção de libertação para  sua filha que estava em casa possessa.  
O primeiro obstáculo Jesus simplesmente manteve-se em silêncio. Ele não  respondeu palavra  alguma; o pedido dela foi ignorado. 
O segundo obstáculo, foi  a rejeição dos discípulos que estavam, pediram a Jesus, dizendo, ”manda-a embora” seu grito  lhes perturbavam.
O terceiro obstáculo, exatamente de onde ela não  esperava foi de uma  resposta muito desagradável,  uma declaração negada pelo  próprio Jesus. Dizendo não, eu vim, Eu fui enviado, para buscar apenas as ovelhas perdidas da casa de Israel. Mas, aquela  mulher, com firmeza e convicção do seu objetivo,  não recuou,  tomou, atitude imediata, apesar do descaso da prova que ela estava sendo testada, naquele momento,  ajoelhou-se, implorou-o e disse: “Senhor ajuda-me”. Como posso perceber de modo bem claro como se fosse aquela mulher. Será que tu não estás vendo a minha situação Jesus?   Não importa o seu problema, seja ele na área material, física, emocional ou espiritual.  Deus pode fazer um milagre hoje na sua vida, basta crer. É,  só crer!  Ele que esta bem perto de você, e você percebe, pode providenciar aquilo que necessita de socorro, cura, libertação e a sua salvação. Mas não parou por aí, apareceu um
quarto obstáculo, como ela era uma gentia de nacionalidade diferente, da cultura judaica da época os judeus da época  os consideravam  os gentios, como cães,  os que não eram judeus.   Exatamente Jesus, usou  dessa  cultura para  dar uma  resposta para desmontar de vez  a essa pobre mulher declarando-o, além do seu desespero que estava passando naquele momento.  Diz o vs 26, Jesus diz a  ela:  não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-los aos cachorrinhos.  Porem a sua situação era de uma necessidade extrema. Isto nos faz entender que muitas Deus nos prova, protelando em dar a resposta da nossa oração como queremos imediatamente; As vezes ele nos leva, e nos ensinar em perseverar, e devemos  entender que basta somente uma palavra Dele, e os  recursos são criados, soluções geradas, e milagres liberados.  Aprenda a crer e a confiar em Deus, como fez a mulher Cananéia. Ela entre outras coisas, discerniu a origem do seu problema, buscou ajuda na pessoa certa, rompeu barreiras, priorizou a solução para o seu problema que o afligia, não desistiu ante a recusa e dificuldades, compreendeu o que Jesus disse, agiu com sabedoria e revelou maturidade espiritual.  Hei,  ela não precisava de um pão inteiro,  mas apenas uma migalha, um palavra saída da boca de Jesus  em que ela confiava com firmeza, então com isso estava solucionado todo seu problema. Então ela declara  no vs 27: “Sim Senhor, mas até os cachorrinhos,comem das migalhas , que caem  da mesa do seu Senhor” Eu falei em  um dos comentários anteriores, sobre o contraste entre o medo e a fé, Mc 4.39. Naquele episódio, Jesus com apenas um gesto, repreendeu o vento e mar, houve grande bonança. No diálogo a  mulher e Jesus, bastava, apenas, uma palavra,  de uma frase milagrosa. Diz o texto vs 28. Depois de passar por tantos impedimentos de uma genuína  prova  de fé,  Jesus finalmente atende o  seu pedido diz:  “Mulher grande é a tua fé, seja conforme tu desejas,  você pode ir ; o demônio já saiu da sua filha”.  Veja caro leitor que aquele mulher Cananéia não fez rodeiros, nem apelou primeiro para  os discípulos de Jesus, reconheceu  a autoridade do Mestre e dirigiu-se a Ele, adorando-o rogando-lhe e insistindo até ser atendida, e recebeu o seu esperado milagre.Recorra a Ele, é somente Dele que podemos receber bençãos para nossa vida num mundo conturbado, que Deus te abençõe, fique na Paz

Comentário - Pb Daniel A. Silveira     

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

SEMEIA SEMPRE

           No campo do mundo tu és um semeador. Não  pode fugir da responsabilidade de semear. Não digas que o solo é áspero,  que chove a miude, que o sol queima, ou que a semente não serve. Não é tua função  julgar a terra e o tempo, tua missão é semear.
          A semente é abundante!  Um pensamento, um sorriso, uma promessa de alento, um aperto de mão, um conselho, um pouco dágua são sementes que germinam facilmente. Não semeies porém, descuidadamente como quem sempre uma missão desagradável!   Semeia com interesse, com amor,com atenção,como quem encontra nisso o motivo central de sua felicidade!
          E ao semear, não penses. Quanto  me darão?  Quanto demorará a colheita?  Recordas que não semeias para enriquecer aguardando o ganho multiplicado; semeias porque não pode estar inativo, porque não podes viver sem dar, porque não podes servir a Deus sem servir aos demais!
          És  dono de ti mesmo, da vida e do universo!  Tua semente pois, não cairá no vazio.  Sem esperar recompensa, receberás recompensa;  sem esperar riquezas, enriquecerás; sem pensar em colheita, teus bens se multiplicarão.
          E tudo porque semeias num Reino onde é receber, onde perder a vida é encontrá-la, onde gastar-se servindo é aumentar. Semeia sempre, em todo o terreno, em todo o tempo, a boa semente com amor, com interesse, como se estivesse semeando o próprio coração.   Se,pois, um semeador. 

Autor desconhecido
Pb Daniel A. Silveira

A Admnistração do nosso dinheiro

               Afinal de contas, o que é dinheiro?  Inicialmente  num pequeno introdutório.  Os  dicionários nos  dizem  que   o dinheiro  é um meio,  objeto em forma de moedas ou notas as quais  usamos para cambiar em adquirir bens, serviços, força do trabalho, divisas nacionais  e estrangeiras, emitido e controlado pelo governo de cada país, que tem essa atribuição.  Dentro desse conceito, o dinheiro é um  fenômeno de mercado. Sua  Origem e evolução no tempo dos  povos antigos, a moeda, como hoje a conhecemos, vem de uma longa evolução. A troca (câmbio) consistia na transação de bens por outros consoante a necessidade dos proprietários, especialmente quando não existia a moeda.  Inicialmente, o homem produzia tudo de que necessitasse na sua terra, o que excedia, trocava com outros  que produziam o produtos que ele não tinha, tornando-se  assim  comércio que hoje é muito comum, como transação na   forma  de comercialização, afim de adquirir matéria prima de manutenção, para sua subsistência familiar.  No Brasil  como em todo mundo, o dinheiro é usado em repasse  pelos governos, como  remuneração, salário, vencimento, aos seus funcionários, a cada cidadão afim de manter sua família, de adquirir, investir em  imóveis,  mobilha, alimentos, objetos, vestuário etc.
                 Queremos abordar  esta  questão como o dinheiro deve ser empregado,  dentro do contexto bíblico,  e de tal  forma que  devemos   tomar o cuidado em declarar nossas opiniões pessoais, a respeito, sem o conhecimento, de causas e efeitos,  de  expor de modo que não venha comprometer alguém, sobre seu emprego, deixando a mente confusa de muitos crentes e as vezes com sua própria  fé ameaçada, da maioria dos nossos irmãos, fieís à Deus aos mais simples financeiramente, de pouca instrução, que dizer, os mais pobres. Visto  que, para Deus não  há  distinção de posição social ou financeira. São  homens e mulheres, membros ou congregados, que dizimam, sustentam, são as colunas mantenedoras, das finanças da igreja local aqui  na terra.  Depositam sua   fé  no Senhor, através das suas contribuições, voluntarias, independentemente  do  apelo  de alguns pregadores o que não há nenhuma novidade em fazer um apelo nas reuniões  para determinadas necessidades da obra. Mas mesmo sem apelo, sabem do seu compromisso com Deus, e continuam fiéis em suas contribuições,  tirados do seu salário, mensal ,quinzenal ou semanal  porque isto bíblico tanto no Velho como no Novo Testamento,  favor da obra de Deus. Suas ofertas seja para qual  for a finalidade, estão sempre prontos em contribuir para missão, e outros afins.  A nossa visão achamos que,  líderes ao invés de fazer apologia  distorcida, muito pelo contrário, devemos  tomar cuidado de modo a não entristecer,repito,  a fé, a confiança, dos que depositam  em Deus.  Quero frisar que,  o púlpito, que é lugar santo  de pregar a Palavra, e por algumas vezes usamos  para expor as idéias  de ponto de vista pessoal,  de modo tal que muitas delas desvirtua a mente de pessoas inseguras, que mesmo na sua fraqueza,  contribui “VOLUNTARIAMENTE”.   Quando vamos a casa de Deus,  seja ela, em que lugar for ela construída ou instalada; as  contribuições, dízimos e ofertas,  como todos somos conhecedores,  fazem parte da liturgia do culto.  Isto é bíblico. Ml 3.10. Muitos  crentes são contra a prosperidade material dos crentes de hoje  e generalizam de forma contundente, falam contra daqueles que querem contribuir ou contribuíram, em maior soma voluntária. Usa com  autoridade para julgar seu irmão, aconselho, não faça isso. As ações de palavras e atos serão julgadas por Deus, cuidado! Você esta correndo um grande risco.

Mas, o que é prosperar? Reposta,  desenvolver-se, tornar-se próspero. Qual o segredo?  Temer a Deus, guardar, cumprir e confiar na sua Palavra.  A penas para confirmar, temos dois exemplos clássicos  no V.T.  A  vida de  José, na casa de Potifar Gn 39.3  Vendo, pois, o seu senhor que o Senhor estava com ele e que tudo o que ele fazia o Senhor prosperava em sua mão.  Um outro exemplo na vida do rei Uzias em Jerusalém, filho de Amasias Deus o fez prosperar, porque fez o que era reto aos olhos do Senhor 2 Cr 26.5; Sl 1.3; Sl 37.27; Pv 28.25;.
Porque prosperar?  Porque somos filhos de Deus. Jo 1.12;  Na I epístola de Jo 3.1 (1ª parte) diz:  Ser filho de Deus é o privilégio mais sublime da nossa salvação.  Rm 8. 17 Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo;  Há muitas interpretações  entre os  meios evangélicos, de crentes  antigos   que vem de uma família tradicional, não tenho nada contra, porque também nasci em berço evangélico, mas  que esses tais  além de estarem desatualizados,porque se dão o luxo de ler a Bíblia, grande parte, não contribui,  são infiéis, não entregam os dízimos, alegando porque não tem condições de dar,  são mesquinhos, vivem sempre em dificuldades financeiras, quebrados, endividados, são impulsivos, não sabem administrar sua renda familiar, benção que Deus lhe concedeu, como mordomo, mesmo porque também o objetivo destes tais, não é de contribuir  e sim de censurar, sabem porque?, Porque, não tem  fé suficiente, são estragados, não confiam em Deus, nem acreditam em suas promessas, e as vezes acusam pela sua ignorância  pessoas abençoadas que doam voluntariamente seus bens, carros, seus objetos de valor, e até dizem a estes, abnegados,  que eles  foram enganados. E digo mais, para que não fique impune suas consciências, esses faladores, contribuem sim,  com uma oferta  de um realzinho que sobrou do pão da tarde,  e ainda coloca na salva com muita pena, e as vezes nem é um real, é outra coisa de menor valor uma moedinha de centavos, que vergonha, para se escapar do peso racional. Estes indivíduos tanto homens como mulheres, logicamente  não concordam  com a sua própria prosperidade, vivem numa mesmice de pobreza, nunca alacansarão vitória, a benção  esta na sua mão e o crente infeliz  não sabe,  porque ainda não conhece a Deus  dono do ouro.  Seu coração esta longe.

Porque prosperar?  Porque é um dom de DeusEc 5. 9 Quanto ao homem a quem Deus conferiu riquezas e bens e lhe deu poder para deles comer, e receber a sua porção, e gozar do seu trabalho, isto é dom de Deus. Crente!  escuta, o emprego,trabalho que Deus nos concedeu,quando  ganhamos nosso dinheiro de modo honesto, o necessário,  não temos porque questionar o direito de alguém  que o Senhor lhes   deu um emprego bem remunerado, uma  inteligência privilegiada, a  outros menos, cada qual dentro da sua capacidade  profissional de prosperidade. Pelo contrário devemos nos alegrar com nosso irmão próspero.  Com isso devemos reconhecer que recebemos de Deus tudo isso.  Se você é  próspero, Deus se alegra com isso o que  ele  entregou na tua mão, saiba disso, uma  missão  de mordomia, com a  tua renda, saiba utilizá-la. É  uma dádiva do Senhor  para ti nesta vida terrena, afim de usada-la na manutenção da tua família, e também de contrubuir, e ajudar ao próximo e para a promoção da causa do reino e Deus na terra. Em Tg 1.17 diz: Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.

Porque Deus quer nos abençoar? Porque as promessas são para nós . Amado. Refiro-me o texto  como referencial de    Dt 28-3 Bendito serás tu na cidade e bendito serás no campo. v4 Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais, e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas. v5 Bendito o teu cesto e a tua amassadeira. V 6 Bendito serás ao entrares e bendito, ao saíres. Em  Ag 2. 19  Já não há semente no celeiro. Além disso, a videira, a figueira, a romeira e a oliveira não têm dado os seus frutos; mas, desde este dia, vos abençoarei.  Pv 3.33; em  Lc 24.50,51 a palavra “Benção” no grego  é eulogia;  diz o texto que antes Jesus  subir ao céu, levantando as suas mãos os abençoou,. Agora sua  presença divina está conosco, a  adoção de força, poder e ajuda do alto.  Agora queridos,preste bem a atenção,  a bençãode prsperidae  é condicional, a escolha de opção é nossa. Se obedecermos virá a benção sobre nós; mas se desobedecermos, virá benção de  maldição Dt 30.15-18.
Como podemos receber benção de Deus?  a) Olhando com nossos  olhos fitos em Jesus, buscando a benção de prosperidade, o Espírito Santo, sobre o nosso ministério, trabalho, vida e família. c) Por meio da sua graça, removendo da nossa vida tudo quanto possa impedir a benção divina.Rm 13.13. A benção pode não estar somente relacionada a lucros materiais. Devemos entender o que esta escrito em Mt 6.33.  buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Gn 1.28  1ª parte; e Deus os abençoou e lhes disse  para Adão: Sede fecundos. A palavra fecundo significa, produtivo, fértil. frutífero. Em Gn 17.6 Deus diz a Abraão, Far-te-ei fecundo extraordinariamente, de ti farei nações, e reis procederão de ti. Eu pergunto aos que estão interessados, em obter bênçãos na sua vida. Será que a promessa que Deus deu para Abraão ela e menor para nós hoje, ou não tem significado algum?  Claro que tem grande signicado sim. E de grande valor.  O problema esta em nós, queridos, se  sua  fé limitada   for  menor que um grão de mostarda, mesmo assim, ainda você pode alcançar sua benção. Amém?
Porque muitos filhos de Deus não prosperam? A resposta é simples, porque rejeitou a instrução.   O que rejeita a correção menos presa sua alma, mas o que escuta a repreensão adquiri conhecimento Pv 3.11. Não são poucos os crentes, por
não conhecerem a Palavra de Deus, suas regras e instruções, acabam empobrecendo nos dois lados, espiritual e material, comparado como um anão espiritual, nunca cresce, destruído pelos seus próprios atos e atitudes tomadas sem consultar a Deus , veja Lc 10.16.

Porque muitos não prosperam ? A resposta também é muito fácil de responder. Porque colocam seu salário num saco furado, e as vezes o furo é tão grande que acaba um saco sem fundo. Ag 1.6 Tendes semeado muito e recolhido pouco; comeis, mas não chega para fartar-vos; bebeis, mas não dá para saciar-vos; vestis-vos, mas ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o para pô-lo num saquitel furado. O profeta Ageu repreendeu o povo por causa da sua inércia (imobilidade).   O povo de Deus perdera a benção, pois estavam vivendo apenas em função das suas próprias vantagens.  Eles não demonstravam interesse pelos  propósitos  divinos.  Eu pergunto, de qual modo podemos esperar bênçãos prósperas , com ajuda de Deus para  nossas vidas, se não estivermos interessados pela sua obra, tanto no lar quanto fora do lar?   Pv 17. 16 De que serviria o dinheiro na mão do insensato para comprar a sabedoria, visto que não tem entendimento?

Porque muitos não prosperam?  A resposta? Porque é preguiçoso. O texto de Pv 20.13 diz: Não ame o sono,senão você acabará ficando pobre; fique desperto, e terá alimento de sobra; veja PV 19.24; 21.25; 24.30-34; Pv 6.6 Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos e sê sábio.

Porque muitos não prosperam?  Resposta. Porque é egoísta Pv 11.24  Alguns há que espalham, e ainda se lhes acrescenta mais; e outros, que retêm mais do que é justo, mas é para a sua perda. Deus promete a quem dá com generosidade, e recebe até cem vezes mais daquilo que você deu. Ele abençoa pessoas generosas que dão de seus próprios recursos, doando de si mesmo, as vezes até ficando com falta para suprir a necessidade de alguém, mas sua fé foi mais forte que abriu  seu coração.  Hei, os que contribuíram até ontem  e se arrependeram hoje, de ter doado atendendo do apelo do seu  pregador desse ou aquele. Não terão com toda a certeza, os galardões iguais aos que deram com firmeza e alegria aplicando sua fé verdadeira num Deus que não falha.  Os famosos partido dos  murmuradores não fazem parte do reino de Deus.  O Novo Testamento ensina que somos mordomos dos dons de Deus e devemos usá-lo em prol da sua casa. No texto de 2 Co 8.2-9. Paulo nestes textos elogia a igreja Corintos pela sua generosidade, em socorro dos cristãos pobres de Jerusalém

Porque muitos não prosperam?  Uma Resposta com um conseqüência trágica, porque rouba a Deus.  É um  ladrão de carteirinha da casa de Deus, pela sua omissão. Ml 3. v8 Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas. v9 Com maldição sois amaldiçoados, porque me roubais a mim, vós, toda a nação. Os israelitas roubavam a Deus ao deixarem de lhes trazer o dízimo (décima parte) do que ganhavam.  Por isso Deus abençoa-lhes  com maldições, e os que egoisticamente recusam-se a contribuir. Pv 29.24 O que tem parte com o ladrão aborrece a sua própria alma.
Porque muitos também não prosperam?  Resposta, Porque se esquece de Deus, Pela sua robustez física, sua inteligência, são arrogantes em sua declarações. O texto a seguir diz:  Dt 8. 17. e não digas no teu coração: A minha força e a fortaleza de meu braço me adquiriram este poder. 18 Antes, te lembrarás do Senhor, teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires poder; para confirmar o seu concerto, que jurou a teus pais, como se vê neste dia. Deus dá para nós, e as vezes nós dizemos: que sorte eu consegui. Querido isso não verdade. Sl 27.1  O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?

postagem comentario  autoria 
Pb Daniel A. Silveira