terça-feira, 30 de agosto de 2011

Bíblia - quem sou?

Sou semelhante  a um palácio maravilhosamente  construído, de pedras ornamentais preciosas contendo sessenta e seis salas majestosas.
Cada uma das quais é diferente as suas companheiras e perfeita em sua beleza individual; sendo que juntas formam um edifício incomparavelmente belo, glorioso e sublime.
Na primeira sala Gênesis,   encontramo-nos no vestíbulo magnífico, onde introduzo aos arquivos das obras excelsas de Deus, na Criação. Este vestíbulo dá entrada as audiências judiciais. Depois das quais, chegamos  as Galerias de Pintura dos livros históricos.
Em minha sala de música está o livro de Salmos,  e aqui nos demoramos tocados profundamente pelas sublimes melodias harmonizadas que jamais chegaram aos ouvidos humanos.
Logo depois esta o Gabinete de Negócios – O livro de Provérbios, no centro do qual se acha a divisa: “ A  justiça exalta as nações, mas o pecado é o opróbrio dos povos”
Logo depois estou no Gabinete das Investigações – O livro de Eclesiastes, e daí para o conservatório – Os cânticos de Salomão, onde vos saúdam um aroma fragrante de frutas escolhidas e de belas flores com o cântico doce dos passarinhos
Depois em meu  observatório, onde os profetas com seus telescópios estão esperando o aparecimento da “Estrela resplandecente da Manhã”  antes do “Sol da  Justiça”
Atravessando o meu palácio do silêncio, alcança a sala de audiências do Rei – Os Evangelhos, onde você vê quatro retratos do próprio Rei, as quais revelam as petições de Sua beleza divina e infinita.
Em seguida descrevo no gabinete do Espírito Santo – Os Atos dos Apóstolos e além dele, esta a sala de correspondência – As Epístolas, onde vemos Paulo, Pedro, Tiago, Judas e João ocupados com suas bancas, sob a inspiração do Espírito Santo da verdade
Finalmente estou na sala do trono – O livro do Apocalipse onde você fica deslumbrado pelo imenso volume de adoração e Louvor, que é dirigido ao Rei entronizado e que enche a vasta sala, ao passo que nas Galerias e no Tribunal de Glória, são relacionadas com a figura  a manifestação do Filho de Deus, que é o  Rei dos reis e Senhor dos senhores

Postagem - narrativo desconhecido
Pb Daniel A. Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário